O diferencial do educador fascinante - Colégio Lectus
16899
single,single-post,postid-16899,single-format-standard,ecwd-theme-bridge,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,columns-3,qode-theme-ver-9.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive
 

O diferencial do educador fascinante

palestra-augusto-cury

O diferencial do educador fascinante

Bett Educar 2017

1º dia – 10/05

PALESTRA: A17 – O diferencial do educador fascinante |

Augusto Cury (Educador, educação, socioemocional, equipe, família, comunidade) 

 

As Janelas da Memória

 

RAM – Registro Automático da Memória

 

Falas de Cury: A memória humana não é lida globalmente, como a memória dos computadores, mas por áreas específicas a que chamo de janelas. Através das janelas vemos, reagimos, interpretamos… Quantas vezes tentamos lembrar-nos de algo que não nos vem à ideia? Nesse caso, a janela permaneceu fechada ou inacessível.

A janela da memória é, portanto, um território de leitura num determinado momento existencial. Em cada janela pode haver centenas ou milhares de informações e experiências. O maior desafio de uma mulher, e do ser humano em geral, é abrir o máximo de janelas em cada situação. Se ela abre diversas janelas, poderá dar respostas inteligentes. Se as fecha, poderá dar respostas inseguras, medíocres, estúpidas, agressivas. Somos mais instintivos e animalescos quando fechamos as janelas, e mais racionais quando as abrimos.

O mundo dos sentimentos possui as chaves para abrir as janelas. O medo, a tensão, a angústia, o pânico, a raiva e a inveja podem fechá-las. A tranquilidade, a serenidade, o prazer e a afetividade podem abri-las. A emoção pode fazer os intelectuais reagirem como crianças agressivas e as pessoas simples reagirem como elegantes seres humanos. Sob um foco de tensão, como perdas e contrariedades, uma mulher serena pode ficar irreconhecível. O que mudou? O grau de abertura das janelas.

Algumas janelas não são apenas traumáticas, são estruturais ou “duplo P” e sequestram o Eu do sujeito.  Duplo P quer dizer duplo poder: poder de encarcerar o Eu e poder de expandir a própria janela ou a zona de conflito.
Em outras palavras, o “duplo P” tem o poder de adoecer o ser humano. As janelas killer duplo P são construídas a partir de estímulos intensamente estressantes, como traição, humilhação pública, ataques de pânico, falência financeira, etc.

Devemos nos mapear e perguntar quais são as janelas killer mais importantes que furtam nossa tranquilidade, nosso prazer de viver, nossa saúde emocional, nossa criatividade, nosso autocontrole. Devemos fazer incursões com coragem em nossa psique e indagar se temos janelas killer duplo P que amordaçam nosso Eu e asfixiam nossas habilidades emocionais e intelectuais.

 

Todos devemos saber que não é possível “deletar” as janelas Killer, mas é possível reescrevê-las.

 

Síndrome do pensamento acelerado – Uma criança de 10 anos tem mais informações do que um filósofo da antiguidade.
Principais causas da Síndrome do Pensamento Acelerado:

  • Excesso de informação;
  • Excesso de atividades;
  • Excesso de trabalho intelectual;
  • Excesso de preocupação;
  • Excesso de cobrança;
  • Excesso de uso de celulares;
  • Excesso de uso de computadores.

 

Pensamentos:

“Ninguém muda ninguém. Se alguém tentou mudar alguém deve ter piorado esta pessoa.”

“A natureza do pensamento é virtual. É difícil mudar alguém, a natureza, suas fobias, seus medos…”

 

PARA NÃO TRAUMATIZAR NOSSOS ALUNOS NUNCA DEVEMOS:

 

  • elevar o tom de voz. Há aqueles que elevam o tom de voz num foco de tensão ou na hora de corrigir alguém.
  • criticar demais, professor que quer que alunos tenham silêncio absoluto, estão criando pessoas traumatizadas. Quem critica excessivamente ativa a memória RAM.

 

Seus filhos e alunos estão arquivando textos, capítulos que descrevem sua personalidade. Esta é a biografia que os define.

 

Gestão da emoção:

 

“Quem é acelerado demais tem falta de paciência com os mais lentos. Estressam os mais lentos que ele.”

“Temos que ser um gestor que garimpa o ouro, não que afoga seus liderados.

Acerte no trivial.”

“Vamos formar mentes brilhantes e saudáveis…”

“Como formar mentes saudáveis se você não educa a sua própria emoção?

“De todas as dívidas que podemos contrair, a maior dela é falta de saúde emocional.”

 

 

LEMBRE-SE:

 

  • Atrás de uma pessoa que fere há uma pessoa ferida.
  • O perdão dura uma vida, o perdoador pode ser chamado de tolo. Passe-se por tolo.
  • Aceite as pessoas.
  • Não seja repetitivo, não seja cansativo.
  • Aplaudam seus filhos e alunos
  • Resolvam conflitos pacificamente.
  • Nunca corrija em público.
  • Aplaudam suas vitórias.
  • Cada aluno é insubstituível e inesquecível.

 

Registro feito por Aline Abreu Santana

Formada em Letras e Gestão Escolar Pedagógica

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário